A Revisão do Cantai Todos os Povos

Secretaria de Música e Liturgia
Tipografia

Uma das perguntas mais recorrentes, quando se fala de nosso hinário, é quando sairá a versão revisada do mesmo. No último dia 13 de agosto assumi a Secretaria de Música e Liturgia da IPIB e fiz um levantamento a respeito do trabalho da Comissão de Revisão e também da parte de direitos autorais dos hinos, com a finalidade de informar a Igreja da situação atual e quando teremos a segunda edição do Hinário, principalmente a versão com partituras, que já há muito se encontra esgotada.

Entendendo a Revisão
Por que foi necessária a revisão do Cantai Todos os Povos? A revisão foi motivada pelo uso constante do hinário, o que é muito bom! Ao executar os hinos, percebeu-se que alguns careciam de ajustes em suas letras e partituras. Tal revisão não seria feita apenas nos hinos indicados por muitos irmãos que apontaram a necessidade, mas sim, em todo o hinário. Assim, a Assembleia Geral da IPI do Brasil decidiu nomear uma comissão com o intuito de promover tal revisão. Em agosto de 2015 foi concluída a parte mais densa da revisão de todos os hinos. Agora, está sendo feita uma análise da revisão, buscando encontrar possíveis falhas e realizar os chamados “ajustes finos” nas partituras e letras. Podemos afirmar que cerca de 95% do trabalho já está concluído.

Os Direitos Autorais
Toda composição e arranjo possuí um autor que é detentor dos direitos da mesma. Em alguns casos, esses autores nomeiam editoras que administram e negociam os direitos de publicação, execução e gravação dos mesmos. No caso do CTP, os contratos de direitos autorais foram trabalhados em duas frentes. A primeira, com pessoas físicas, buscando autorização para publicação do Hinário com Partitura, Hinário com Letra e Cifra, Hinário somente com Letra, Aplicativo para Celular e Playback e/ou Gravação com intuito de ensinar a canção. A segunda, junto as editoras que administram parte dos direitos, buscando autorização para publicação do Hinário com Partitura, Hinário com Letra e Cifra, Hinário somente com Letra e Aplicativo para Celular. Não há, ainda, a negociação com as editoras a respeito da gravação de Playback e/ou Gravação com intuito de ensinar a canção, pois tal questão deve ser tratada em separado. A Diretoria da AG-IPIB, ciente da necessidade de se acelerar o processo de contato e autorização para a publicação de uma nova edição do CTP, contratou uma pessoa para tomar a frente das questões dos direitos autorais. Assim, de fevereiro até agosto de 2015 já foram acertados cerca de 75% dos direitos autorais, restando ainda 25% para se negociar e assinar.

Prazos e Expectativas
Diante do cenário apresentado, cremos que até o final do ano teremos concluída a parte dos ajustes finos nas partituras e também a assinatura dos contratos de direitos autorais. Assim, esperamos em Deus que no primeiro semestre de 2016 já tenhamos o nosso Hinário com Partitura, Hinário com Letra e Cifra e Hinário somente com Letra. Quanto ao aplicativo, trata-se de uma conversa que inclui diversas áreas da Igreja, pois a ideia inicial é ter não somente o CTP nele, mas isto é conversa para outro artigo. Quanto ao Playback e/ou Gravação com intuito de ensinar, este carece ainda de estudo e orçamento, para saber qual a real necessidade das Igrejas e qual o caminho a tomar para tal empreitada.
A Secretaria de Música e Liturgia
Concluo me colocando à disposição das Igrejas, Concílios, Secretarias, Coordenadorias e Autarquias para juntos caminharmos nestes anos que virão. Existem alguns sonhos que temos e que, oportunamente, serão compartilhados aqui. Há ainda um longo caminho a ser percorrido, mas creio que juntos conseguiremos fornecer materiais e apoiar as Igrejas a cumprir sua missão de fazer discípulos e cultuar a Deus com amor e criatividade.
 
Rev. Giovanni Alecrim
Secretário de Música e Liturgia da IPIB
Pastor da IPI de Araraquara, SP
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(16) 3322-0450