Busque ao Senhor

Devocionais
Tipografia

SENHOR, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor. (Salmo 6.1)

Este Salmo pertence a um grupo de Salmos escritos no mesmo estilo literário, ao qual chamamos Salmo Penitencial. Trata-se de um lamento pessoal do salmista referente à uma circunstância específica. No Salmo 6, temos um lamento por conta de uma enfermidade. Davi, autor do Salmo, se apresenta diante de Deus clamando por misericórdia sobre sua vida. Notem a beleza poética do salmo, nas expressões “meus ossos estão abalados” e “minha alma está profundamente perturbada”. Davi expressa aqui, poeticamente, que ele como um todo carece da intervenção divina.

O salmo 6 nos ensina que buscar a presença do Senhor é imprescindível nos dias de aflição. Davi estava totalmente rendido diante de sua enfermidade, seus amigos julgavam que ele estava enfermo por conta do pecado, seu corpo e sua alma sentiam o peso de sua dor e ele sabia que somente Deus poderia socorrê-lo.

Nós precisamos aprende com Davi, em meio às dificuldades de nossas vidas, confiemos em Deus. Só ele é capaz de mudar a história de nossas vidas e curar nosso corpo e nossa alma. Clame ao Senhor, apresente diante dele a sua dificuldade e não oculte dele nada, pois ele está disposto a ouvir nossa súplica e acolher nossa oração. Apresentemos nossos pedidos e confiemos em Deus.

Oração: Senhor, me ensine a buscar tua presença, sempre e sempre. Em nome de Jesus, amém.

Reverendo Giovanni Campagnuci Alecrim de Araújo
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente de Araraquara, SP
Secretário de Música e Liturgia da IPIB