Socorro

Devocionais
Tipografia

Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste? Por que estás tão distante de meus gemidos por socorro? Salmo 22:1

Quantas vezes erguemos nossos corações e nossos olhos para Deus e parece que ele não nos ouve. Por vezes, lutamos com Deus diariamente, por anos a fio, pedindo a ele que nossa angústia e sofrimento encontre solução, e passamos a vida sem perspectiva. O que mais me surpreende em toda a angústia e sofrimento despejado pelo salmista nos versos iniciais é que ele, em momento algum, deixa de confiar em Deus e tem a absoluta certeza, que mesmo sem ouvir a voz de Deus, Deus cuida dele a todo instante. “Desde que nasci, tu tens sido o meu Deus”.

Oração: Deus, te louvo, pois, em meio aos meus gemidos por socorro, ouves-me. Em nome de Jesus, amém.

Reverendo Giovanni Campagnuci Alecrim de Araújo
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente de Tucuruvi, São Paulo, SP
Secretário de Música e Liturgia da IPIB